Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Biotecnologia

Curso de Biotecnologia 

Forma de Ingresso: SISU

Turno: Integral

Conceito do MEC: 4

Código e-mec 120452

               A Biotecnologia pode também ser definida como a utilização de células e moléculas biológicas para a solução de problemas ou produção de produtos úteis, num sentido mais novo da palavra, incorporando os recentes avanços da biologia celular e molecular. Porém, a utilização da biotecnologia pelo homem não é recente. Há mais de 10.000 anos, plantas e animais são domesticados. Por milhares de anos, têm-se utilizado microrganismos como leveduras e bactérias para a fabricação de produtos alimentícios importantes como pão, vinho, queijo e iogurte. Virtualmente, todos os antibióticos provém de microrganismos, assim como as vitaminas adicionadas aos cereais do café da manhã, e as enzimas utilizadas em processos tão diversos como a fabricação de xaropes de milho ricos em frutose ou a fabricação do jeans desbotado. Na agricultura, os microrganismos são utilizados desde o século XIX para o controle de doenças e pragas, e bactérias fixadoras de nitrogênio são usadas para aumentar o rendimento das colheitas. Os microorganismos também têm sido extensivamente utilizados por décadas no tratamento de resíduos. Certas vacinas estão baseadas na utilização de vírus ou bactérias vivas com virulências atenuadas.

          A Biotecnologia Moderna (surgida após o advento da tecnologia do DNA recombinante) não se propõe a destruir ou mesmo substituir a Biotecnologia Clássica em seu mercado global. Ela apenas abre novas oportunidades de crescimento para as atividades básicas da biologia clássica, proporcionando uma maior economia, maior eficiência, e de uma forma geral, maior competitividade e adaptabilidade para o uso social final, especialmente quando levados em consideração a Saúde, a Agricultura e o Meio Ambiente. A Biotecnologia Moderna é uma tecnologia, e produtos da biotecnologia moderna devem percorrer seu caminho no mercado global lado a lado com os produtos predominantemente clássicos e de seus usos na Medicina, na Agricultura e no maior desafio da Humanidade: o uso sustentável de nossa biodiversidade. Na realidade, é justamente essa variedade de genes em animais, plantas e microrganismos de todos tipos que representa o mais precioso bem para o futuro da biotecnologia moderna em serviço da espécie humana.

Projeto Pedagógico do Curso com modificações em anexo ao final do documento

Matriz do Curso – Atualizada

Portaria de Reconhecimento do Curso de Biotecnologia

Conceito do Curso

Email: biotecnologia@ufersa.edu.br

Contato: (84) 3317-8361

22 de setembro de 2014. Visualizações: 19174. Última modificação: 01/09/2017 09:43:09